Institucional

História

A Associação dos Magistrados do Trabalho da 18.ª Região foi fundada em 29 de abril de 1991, quando se realizou sua primeira Assembléia Geral. Os seguintes juízes de primeiro e segundo graus tomaram parte daquela histórica reunião, em que foram aprovados seus estatutos sociais: Luiz Francisco Guedes de Amorim, Sebastião Renato de Paiva, Platon Teixeira de Azevedo Filho, Ialba-Luza Guimarães de Mello, Saulo Emídio dos Santos, Dora Maria da Costa, Ênio Galarça Lima, Míriam Lúcia Costa Soares e João Gonçalves de Pinho.

A primeira assembléia foi presidida pelo Juiz Luiz Francisco Guedes de Amorim e secretariada pelo Juiz Ênio Galarça Lima. Na ocasião, foi relatada a necessidade de os juízes do trabalho se reunirem em uma associação de classe, visando à defesa de seus interesses, o incentivo ao estudo do Direito em geral e do Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho em especial.

O projeto dos estatutos sociais, elaborado pelo Juiz Ênio Galarça Lima, teve por referência e orientação os estatutos das AMATRAS IX e X, foi aprovado à unanimidades pelos juízes presentes.

1.ª DIRETORIA - Na assembléia, foi eleita por unanimidade a primeira diretoria, assim composta: Juiz Ênio Galarça Lima, presidente; Juíza Dora Maria da Costa, vice-presidente; Juíza Miriam Lúcia Costa Soares, Secretária; e Juiz Saulo Emídio dos Santos, Tesoureiro. O conselho fiscal foi composto pelos juízes Sebastião Renato de Paiva, Platon Teixeira de Azevedo Filho, Ialba-Luza Guimarães de Mello e João Gonçalves de Pinho.

Em 16 de abril de 1993, realizaram-se as primeiras eleições da AMATRA XVIII. No mesmo dia, o Juiz escrutinador, Abner Emídio de Souza, apurou a existência de 23 (vinte e três votos), sendo um deles por procuração. Foi eleita a chapa “Justiça e Trabalho”, sendo empossada pelo então presidente a seguinte diretoria: Juíza Dora Maria da Costa, Presidente; Juíza Kathia Maria Bomtempo de Albuquerque, Vice-presidente; Juiz Daniel Viana Junior, Secretário; e Juiz Paulo Canagé de Freitas Andrade, Tesoureiro. Nessa Assembléia de posse, foi decidida a modificação dos estatutos da entidade, para criar os cargos de 2º Secretário e 2º Tesoureiro. Candidataram-se ao cargo, cujas eleições foram marcadas para a assembléia seguinte, as juízas Wanda Lúcia Ramos da Silva e Marilda Jungmann Gonçalves, respectivamente. A seguir, a Presidente Dora Maria da Costa procedeu à inauguração da sede da AMATRA XVIII, cuja sala recebeu o nome “Juiz Orlando de Paula e Silva”.

Em Assembléia Geral Extraordinária havida em 30 de abril de 1993, as Juízas Wanda Lúcia Ramos da Silva e Marilda Jungmann Gonçalves foram eleitas para os cargos de 2o Secretário e 2.o Tesoureiro.

Até o mês de março, não foram apresentados candidados à eleição prevista para abril de 1995, o que ocasionou a recondução automática da diretoria, nos termos previstos no Estatuto.

Em 28 de abril de 1995, a Juíza Dora Maria da Costa renunciou à presidência da Associação, por motivos de ordem particular. Nos termos do Estatuto, a Juíza Káthia Maria Bomtempo de Albuquerque assumiu a presidência da AMATRA XVIII e, na mesma Assembléia, foi extinta a figura da recondução automática. Retomou-se o processo eleitoral, para a inscrição de chapas para a Diretoria e Conselho, sendo fixados sucessivos prazos para tanto, até que a Presidente designou a Assembléia para eleição na primeira quinzena julho de 1995.

Em 9 de junho de 1995, os associados da AMATRA XVIII reuniram-se para a eleição da nova diretoria. Com 35 (trinta e cinco) votos, foi eleita, tendo tomado posse na mesma Assembléia, a chapa “Democracia e Participação”, assim constituída: Mário Sérgio Bottazzo, Presidente; Daniel Viana Junior, Vice-Presidente; Marcelo Nogueira Pedra, Secretário; Luiz Antônio Zanquetta, 2º Secretário; Abner Emídio de Souza, 1º Tesoureiro; Aldon do Valle Alves Taglialegna, 2º Tesoureiro. O Conselho Fiscal eleito foi integrado por Cesar Silveira, Dora Maria da Costa, Sebastião Renato de Paiva e Saulo Emídio dos Santos.

Em 25 de abril de 1997, durante Assembléia Geral Ordinária da AMATRA XVIII foi realizada a votação para eleição da nova Diretoria e Conselho Fiscal para o biênio 1997/1998. Colhidos os votos em escrutínio secreto, no total de 46 (quarenta e seis), a seguir foi efetuada a apuração, foram eleitos: Juiz Breno Medeiros, Presidente; José Antônio Alves de Abreu, Vice-Presidente; Geraldo Rodrigues do Nascimento, 1o Secretário; Luiz Eduardo da Silva Paraguassu, 2º Secretário; Cleuza Gonçalves Lopes, 1ª Tesoureira; Luciano Santana Crispim, 2º Tesoureiro; e Dora Maria da Costa, Kathia Maria Bomtempo de Albuquerque, Paulo Canagé de Freitas Andrade e Ataíde Vicente da Silva Filho, para o Conselho Fiscal. Ato contínuo, os novos dirigentes da Associação tomaram posse.

Aos 16 dias do mês de abril de 1999, foi realizada Assembléia Geral Ordinária para deliberar, dentre outros assuntos, acerca da eleição e posse da nova Diretoria e Conselho Fiscal, para o biênio 1999/2000. Com trinta e sete votos válidos, foi eleita a diretoria, integrada por Marcelo Nogueira Pedra, Presidente; Daniel Viana Junior, Vice-presidente; Ari Pedro Lorenzetti, 1º Secretário; Ana Deusdedith Pereira, 2ª Secretária; Cleidimar Castro de Almeida, 1º Tesoureiro; e Alciane Margarida de Carvalho, 2ª Tesoureira. O Conselho Fiscal eleito foi integrado por Saulo Emídio dos Santos, Gentil Pio de Oliveira, José Antônio Alves de Abreu e Neide Terezinha da Cunha. Ato contínuo, os novos dirigentes foram empossados.

Em 27 de abril de 2001, realizou-se Assembléia Geral Ordinária para eleição dos membros da Diretoria e Conselho Fiscal, para o biênio 2001/2003. Em face da ausência de candidaturas, a eleição foi realizada por aclamação, na forma prevista nos Estatutos da Associação. Com a presença de 27 (vinte e sete) associados, foram eleitos por aclamação, à unanimidade: Daniel Viana Junior, Presidente; Marcelo Nogueira Pedra, Vice-Presidente; Edison Vaccari, 1º Secretário; Eneida Martins Pereira, 2ª Secretária; Cleidimar Castro de Almeida, 1º Tesoureiro; Antônia Helena Gomes Borges Taveira, 2ª Tesoureira; e Aldon do Valle Alves Taglialegna, Fabíola Evangelista Martins e Garcia, Ferdinand Gomes de Souza e Denilson Lima de Souza, para o Conselho Fiscal. A seguir, os novos dirigentes foram empossados.

Em 25 de abril de 2003, realizou-se Assembléia Geral Ordinária para eleição dos membros da Diretoria e Conselho Consultivo-Fiscal, para o biênio 2003/2005. Com 36 (trinta e seis votos), foi eleita a chapa “Unidade e luta”, cuja diretoria foi integrada por Fabiano Coelho de Souza, Presidente; Marcelo Nogueira Pedra, Vice-presidente; Edison Vaccari, 1º Secretário; Wanda Lúcia Ramos da Silva, 2ª Secretária; Alciane Margarida de Carvalho, 1ª Tesoureira; e, Geraldo Rodrigues do Nascimento, 2º Tesoureiro. O Conselho Fiscal eleito foi integrado por Aldon do Valle Alves Taglialegna, César Silveira, Denilson Lima de Souza, Paulo Canagé de Freitas Andrade e Silene Aparecida Coelho Ribeiro. Ato contínuo, os novos dirigentes foram empossados.

Em 29 de abril de 2005, realizou-se Assembléia Geral Ordinária para eleição dos membros da Diretoria e Conselho Consultivo-Fiscal, para o biênio 2005/2007. Ante a ausência de inscritos, a Assembléia deliberou, por maioria de votos, a prorrogação do mandato da Diretoria e Conselho Fiscal por 30 (trinta) dias. Foi designada então nova assembléia para o dia 20 de maio, para eleição da nova Diretoria e Conselho Fiscal.

 

2005/2007 - Em 20 de maio de 2005, em Assembléia Geral Extraordinária, não se apresentaram interessados na composição da Diretoria e Conselho Fiscal. O juiz Marcelo Nogueira Pedra indicou então o Juiz César Silveira para presidir a Associação, destacando seu perfil pessoal e profissional. O Juiz César aceitou a indicação e de pronto fez a indicação dos outros integrantes da Diretoria e Conselho Fiscal: Fabiano Coelho de Souza, Vice-Presidente; Rodrigo Dias da Fonseca, 1º Secretário; Helvan Domingos Prego, 2º Secretário; Renato Hiendlmayer, 1º Tesoureiro; Eunice Fernandes de Castro, 2ª Tesoureira; Elvécio Moura dos Santos, Fernando da Costa Ferreira, Edison Vaccari, Alciane Margarida de Carvalho e Ana Lúcia Ciccone de Faria, Conselheiros. Os indicados foram aprovados e eleitos por aclamação.

2007/2009 - Em 17 de abril de 2007, realizou-se Assembléia Geral Ordinária para eleição dos membros da Diretoria e Conselho Consultivo-Fiscal, para o biênio 2007/2009. Com 57 (cinquenta e sete) votos, foi eleita a diretoria integrada por Rodrigo Dias da Fonseca, Presidente; Marcelo Nogueira Pedra, Vice-presidente; Ari Pedro Lorenzetti, 1º Secretário; Edison Vaccari, 2º Secretário; Eunice Fernandes de Castro, 1ª Tesoureira; Paulo Canagé de Freitas Andrade, 2º Tesoureiro. O Conselho Fiscal eleito foi integrado por Daniel Viana Junior, Kathia Maria Bomtempo de Albuquerque, Antônia Helena Gomes Borges Taveira, Eneida Martins Pereira de Souza Alencar e Platon Teixeira de Azevedo Neto. Ato contínuo, os novos dirigentes foram empossados. A seguir, os novos dirigentes foram empossados.

2009/2011 - Em 24 de abril de 2009, realizou-se Assembleia Geral Ordinária para eleição dos membros da Diretoria e Conselho Consultivo-Fiscal, para o biênio 2009/2011. Com 44 (quarenta e quatro) votos, foi eleita a chapa “Unidade e Trabalho”, cuja diretoria foi integrada por Helvan Domingos Prego, Presidente; Daniel Viana Júnior, Vice-presidente; Platon Teixeira de Azevedo Neto, 1º Secretário; Cleber Martins Sales, 2ª Secretário; Rodrigo Dias da Fonseca, 1ª Tesoureiro; e Marcelo Nogueira Pedra, 2º Tesoureiro. O Conselho Fiscal eleito foi integrado por Ari Pedro Lorenzetti, César Silveira, Édison Vaccari, Juliano Braga Santos e Saulo Emídio dos Santos. Por deliberação da Assembleia, a posse desses novos dirigentes se deu em 08 de maio de 2009, no auditório do Tribunal Pleno do TRT 18.

2011/2013 - Em 18 de abril de 2011, realizou-se Assembleia Geral Ordinária para eleição dos membros da Diretoria e Conselho Consultivo-Fiscal, para o biênio 2011/2013. Com 76 (setenta e seis) votos, foi eleita a chapa “Unidade e Ação”, cuja diretoria foi integrada por Platon Teixeira de Azevedo Neto, Presidente; Cleber Martins Sales, Vice-Presidente Administrativo e para Assuntos Legislativos; Ari Pedro Lorenzetti, Secretário-Geral; Eneida Martins Pereira de Souza Alencar, Tesoureira; Nara Borges Kaadi P. Moreira, Diretora Social, de Esportes e de Qualidade de Vida; Daniel Branquinho Cardoso, Diretor de Comunicação e Informática; Mânia Nascimento Borges de Pina, Diretora de Prerrogativas. O Conselho Fiscal eleito foi integrado por Júlio César Cardoso de Brito, Luciano Santana Crispim, João Rodrigues Pereira e Cleidimar Castro de Almeida. Esses novos dirigentes foram empossados na sede da Associação, em ato contínuo à apuração, lavrando-se, para tanto, ata específica.

2013/2015 - Em 19 de abril de 2013, realizou-se Assembleia Geral Ordinária para eleição dos membros da Diretoria e Conselho Consultivo-Fiscal, para o biênio 2013/2015. Pela primeira vez na história da Associação duas chapas participaram do sufrágio. A chapa “Integração, Ação com Participação”, composta pelos juízes: Eunice Fernandes de Castro, que concorreu ao cargo de Presidente; Fabiano Coelho de Souza, Vice-Presidente Administrativo e para Assuntos Legislativos; Antônia Helena Gomes Borges Taveira, Secretária-Geral; Neide Terezinha Resende da Cunha, Tesoureira; Samara Moreira de Sousa, Diretora Social, de Esportes e de Qualidade de Vida; Renato Hiendlmayer, Diretor de Comunicação e Informática; Silene Aparecida Coelho, Diretora de Prerrogativas e César Silveira, Geraldo Rodrigues do Nascimento, Saulo Emídio dos Santos e Eduardo Tadeu Thon (suplente) para membros do Conselho Fiscal. E a chapa “União & Valorização”, composta pelos juízes: Cleber Martins Sales, para o cargo de Presidente; Israel Brasil Adourian, Vice-Presidente Administrativo e para Assuntos Legislativos; Juliano Braga Santos, Secretário-Geral; Fabíola Evangelista Martins, Tesoureira; Narayana Teixeira Hannas, Diretora Social, de Esportes e de Qualidade de Vida; Platon Teixeira de Azevedo Neto, Diretor de Comunicação e Informática; Daniel Branquinho Cardoso, Diretor de Prerrogativas e Daniel Viana Júnior, João Rodrigues Pereira, Ronie Carlos Bento de Sousa e Marcelo Nogueira Pedra (suplente) para o Conselho Fiscal. Realizada a eleição, foram computados, quando da apuração, 92 votos válidos, dos quais 57 para a chapa “União & Valorização” e 35 para a chapa “Integração, Ação com Participação”. Assim, com 57 (cinquenta e sete) votos, foi eleita a chapa “União & Valorização”, passando a Diretoria da entidade a ser integrada por: Cleber Martins Sales, Presidente; Israel Brasil Adourian, Vice-Presidente Administrativo e para Assuntos Legislativos; Juliano Braga Santos, Secretário-Geral; Fabíola Evangelista Martins, Tesoureira; Narayana Teixeira Hannas, Diretora Social, de Esportes e de Qualidade de Vida; Platon Teixeira de Azevedo Neto, Diretor de Comunicação e Informática; Daniel Branquinho Cardoso, Diretor de Prerrogativas e Daniel Viana Júnior, João Rodrigues Pereira, Ronie Carlos Bento de Sousa e Marcelo Nogueira Pedra (suplente), membros do Conselho Fiscal. A posse desses novos dirigentes se deu em 22 de abril de 2013, na própria sede da AMATRA 18.

2015/2017 - Em 24 de abril de 2015, realizou-se Assembleia Geral Ordinária para eleição dos membros da Diretoria e Conselho Consultivo-Fiscal, para o biênio 2015/2017. Com 87 (oitenta e sete) votos, foi eleita a chapa “Integrar e Valorizar”, cuja diretoria foi composta por Luciano Santana Crispim, Presidente; Daniel Branquinho Cardoso, Vice-Presidente Administrativo e para Assuntos Legislativos; Ceumara de Souza Freitas e Soares, Secretária-Geral; Eneida Martins Pereira de Souza Alencar, Tesoureira; Narayana Teixeira Hannas, Diretora Social, de Esportes e de Qualidade de Vida; Kleber de Souza Waki, Diretor de Comunicação e Informática; Celismar Coelho Figueiredo, Diretor de Prerrogativas. O Conselho Fiscal eleito foi integrado por Daniel Viana Júnior, Ari Pedro Lorenzetti, Marcos Henrique Bezerra Cabral e Quéssio César Rabelo (suplente). Esses novos dirigentes foram empossados na sede da Associação, em ato contínuo à apuração, lavrando-se, para tanto, ata específica.